Hospital Lifecenter | Blog
Serviços Hospitalares
  • Consultas e exames
  • Pronto Atendimento
  • Cirurgias e Procedimentos
  • Diagnóstico e tratamento de lesões intra cranianas
  • Embolização de tumores benignos e malignos e mal formações vasculares
  • Laboratório de Hemodinâmica
  • Terapia Intensiva
  • Internação Hospitalar
  • Especialidades Médicas
  • Anestesiologia
  • Arritmologia cardíaca
  • Cardiologia clinica
  • Cardiologia Intervencionista
  • Cirurgia bariátrica
  • Cirurgia buco-maxilo-facial
  • Cirurgia cardiovascular
  • Cirurgia coloproctologica
  • Cirurgia de cabeça e pescoço
  • Cirurgia de coluna
  • Cirurgia de joelho
  • Cirurgia de mão
  • Cirurgia de quadril
  • Cirurgia endovascular
  • Cirurgia geral e digestiva
  • Cirurgia ginecológica
  • Cirurgia hepato-bileo-pancreatica
  • Cirurgia otorrinolaringológica
  • Cirurgia plástica estética e reparadora
  • Cirurgia torácica
  • Cirurgia urológica
  • Cirurgia vascular
  • Clínica médica
  • Coloproctologia
  • Eletrofisiologia cardíaca
  • Endocrinologia
  • Gastroenterologia e Nutrologia
  • Ginecologia
  • Hematologia
  • Hemodinâmica
  • Hepatologia
  • Infectologia
  • Medicina de urgência
  • Medicina Interna
  • Nefrologia
  • Neurocirurgia
  • Neurologia
  • Neurorradiologia
  • Oncologia
  • Ortopedia e traumatologia
  • Ortopedia Oncológica
  • Otorrinolaringologia
  • Reumatologia
  • Terapia intensiva de adultos
  • Urologia
  • Especialidades Multiprofissionais
  • Enfermagem
  • Fisioterapia
  • Fonoaudiologia
  • Nutrição e dietética
  • Psicologia Clínica Hospitalar
  • Blog

    Manter o organismo forte e saudável é a melhor forma de combater a tuberculose


    Postado em 17/11/2019



    Quando o sistema imunológico do organismo está fraco, ele se torna alvo fácil de muitas doenças. Uma delas é a tuberculose, doença causada por bactéria e infectocontagiosa que pode ser transmitida pelo ar.


    Todas as pessoas podem ser contaminadas, desde criança até idoso. A doença pode acometer qualquer órgão do corpo, como cérebro, rins, ossos e intestino, mas os casos mais comuns são no pulmão. “Ela pode ser curada com o uso de medicamento, mas o tratamento é demorado e difícil. A melhor forma de prevenir a tuberculose é cuidando diariamente do organismo para mantê-lo forte e saudável”, explicou o Dr. Guilherme Lima, médico infectologista do Hospital Lifecenter.


    Leia este artigo até o fim para saber mais sobre a tuberculose e porque é tão importante esse cuidado com a saúde na prevenção da doença.


    O que é a tuberculose?


    É uma doença infectocontagiosa transmitida pelo ar. Lugares onde há aglomeração de pessoas favorecem essa contaminação. O bacilo da tuberculose, agente causador da doença, pode circular pelo ar se tiver alguém doente na multidão.


    Com o sistema imunológico fortalecido, é muito difícil desenvolver a doença mesmo respirando o ar contaminado. Do contrário, a baixa resistência orgânica pode favorecer o estabelecimento da doença. Ou seja, zelar pela saúde e manter o organismo forte é a melhor forma de evitar a doença.


    Então, o que pode causar a tuberculose?


    O Brasil é um país onde há alta circulação dessa bactéria, mas a maioria das pessoas não está na faixa de risco.


    A bactéria se multiplica facilmente no organismo de pessoas: desnutridas, em extrema de idade (idosos e crianças), imunossuprimidos, usuários de drogas, pessoas que convivem com o vírus HIV, além dos usuários de medicações imunossupressoras com corticoides e quimioterápicos. “A causa dessa doença também tem relação com as condições sociais da comunidade. Onde há aglomeração de pessoas, como muitas pessoas morando na mesma casa em espaço muito pequeno, há risco de contaminação”, pontuou Lima.


    Continue lendo para saber sobre os sintomas, diagnóstico e tratamento dessa doença que tem cura.


    Quais são os sintomas?


    Antes do diagnóstico final, o paciente apresenta sintomas que podem ser confundidos com outras doenças. São eles: febre mais baixa, sudorese, perda de peso, tosse crônica, catarro, cansaço, falta de apetite e rouquidão. Se esses sintomas persistirem por duas semanas, o médico precisa ser consultado.


    Na maioria dos casos, a tuberculose ataca os pulmões, mas cada situação é uma e precisa ser avaliada. A doença também ataca outros órgãos e os sintomas vão se manifestar em cada um deles de forma diferente. Quando a bactéria ataca o cérebro a gravidade é maior e o risco de sequelas existe. Outra característica da doença é o ataque aos linfonodos, órgãos do corpo que produzem os anticorpos.


    O organismo que está tomado pela tuberculose abre as portas para a entrada de outras doenças, como a pneumonia.


    Como é feito o diagnóstico?


    Existem diversas maneiras de identificar e confirmar a tuberculose. É possível realizar exames de escarros e identificar na amostra e também pode-se dosar líquidos e examinar o DNA da bactéria. O importante é observar os sintomas e fazer a pesquisa necessária para saber qual órgão foi contaminado.


    Como é o tratamento da doença?


    Ele é feito com medicação via oral. Em casos de manifestações graves, com disfunções de algum dos órgãos, será necessária internação hospitalar.


    O tratamento cura a doença, mas quando os órgãos são acometidos o cuidado deve ser redobrado. O tratamento é demorado e complexo. “Muitos pacientes contaminados pela doença não conseguem permanecer fazendo o tratamento pelo tempo adequado, e isso é mais frequente entre usuários de drogas ilícitas, pacientes etilistas além daqueles sem suporte familiar adequado. E essa situação representa um risco grande para eles e as pessoas à sua volta, pois eles se tornam transmissores em potencial”, explicou Dr. Guilherme Lima.


    Para o médico, o grande desafio é tratar a doença e desfazer também as condições que levaram ao desenvolvimento da bactéria. No caso de etilistas e usuários de drogas ilícitas, é essencial o tratamento concomitante dessas comorbidades.


    Quando a doença é descoberta em fase inicial, o tratamento é mais eficaz. É muito importante diagnosticar os pacientes contaminados para prevenir outras contaminações.


    Estrutura do Lifecenter para atendimento


    A estrutura do nosso hospital está preparada para atender os pacientes com tuberculose. Possuímos as medicações, aparelhos e leitos preparados. Em casos graves, temos uma UTI equipada com leito preparado para adequado isolamento respiratório, que garante a segurança do paciente, de seus familiares, além da equipe responsável por seus cuidados.


    A maioria dos casos que recebemos é pelo pronto atendimento, já que os sintomas parecem com uma gripe comum. “Contamos com médicos e equipe multiprofissional preparada para reconhecer os sintomas, diagnosticar de forma precisa a doença e iniciar tratamento em tempo hábil”, finalizou Dr. Guilherme.


    Agora que você já sabe mais sobre a tuberculose, compartilhe esse artigo com amigos e familiares que precisam saber mais, e incentive as pessoas a buscarem atendimento assim que algum desses sintomas se manifestar. Prevenir é sempre o melhor remédio.


    Este post possui 0 comentários.
    iOqKJAvglrxkY 19/11/2019 01:31:30

    Aguardando Moderação

    QCLzTIeUOGRdKxh 19/11/2019 01:32:00

    Aguardando Moderação

    Deixe um Comentário