Serviços Hospitalares
  • Consultas e exames
  • Pronto Atendimento
  • Cirurgias e Procedimentos
  • Diagnóstico e tratamento de lesões intra cranianas
  • Embolização de tumores benignos e malignos e mal formações vasculares
  • Laboratório de Hemodinâmica
  • Terapia Intensiva
  • Internação Hospitalar
Especialidades Médicas
  • Anestesiologia
  • Arritmologia cardíaca
  • Cardiologia clinica
  • Cardiologia Intervencionista
  • Cirurgia bariátrica
  • Cirurgia buco-maxilo-facial
  • Cirurgia cardiovascular
  • Cirurgia coloproctologica
  • Cirurgia de cabeça e pescoço
  • Cirurgia de coluna
  • Cirurgia de joelho
  • Cirurgia de mão
  • Cirurgia de quadril
  • Cirurgia endovascular
  • Cirurgia geral e digestiva
  • Cirurgia ginecológica
  • Cirurgia hepato-bileo-pancreatica
  • Cirurgia otorrinolaringológica
  • Cirurgia plástica estética e reparadora
  • Cirurgia torácica
  • Cirurgia urológica
  • Cirurgia vascular
  • Clínica médica
  • Coloproctologia
  • Dermatologia
  • Eletrofisiologia cardíaca
  • Endocrinologia
  • Gastroenterologia e Nutrologia
  • Ginecologia
  • Hematologia
  • Hemodinâmica
  • Hepatologia
  • Infectologia
  • Medicina de urgência
  • Medicina Interna
  • Nefrologia
  • Neurocirurgia
  • Neurologia
  • Neurorradiologia
  • Oncologia
  • Ortopedia e traumatologia
  • Ortopedia Oncológica
  • Otorrinolaringologia
  • Reumatologia
  • Terapia intensiva de adultos
  • Urologia
Especialidades Multiprofissionais
  • Enfermagem
  • Fisioterapia
  • Fonoaudiologia
  • Nutrição e dietética
  • Psicologia Clínica Hospitalar
Hospital Lifecenter

Blog

Cirurgia metabólica: aliada no combate da diabetes tipo 2


Postado em 02/06/2020




Você sabia que 13 milhões de brasileiros convivem com a diabetes? A estimativa é da Federação Internacional de Diabetes. Quando a doença é do tipo 2, o tratamento inclui acompanhamento clínico, controle rígido do nível de glicose no sangue e mudanças de estilo de vida. No entanto, há pacientes que não apresentam melhora apesar dessas intervenções. Por outro lado, quando essas pessoas possuem grau de obesidade 1 (ou seja, com Índice de Massa Corporal entre 30 e 35), a cirurgia metabólica traz inúmeros benefícios. Isto é: apresenta-se como uma alternativa extremamente eficaz. 

O procedimento é tecnicamente igual a uma cirurgia bariátrica, porém, em vez de objetivar a perda de peso, é focada no controle da diabetes tipo 2. A intervenção registra índice de quase 90% para controlar a doença. O mesmo índice se aplica na redução de incidência de suas principais complicações: hipertensão, obesidade, dislipidemia (elevação dos níveis de colesterol e triglicerídeos), esteatose hepática (gordura no fígado), retinopatia e amputação de membros. 

Em relação à técnica cirúrgica utilizada, o Conselho Federal de Medicina (CFM) normatizou o bypass gástrico com reconstrução em Y-de-Roux (BGYR) para pacientes com diabetes tipo 2. No entanto, quando há contraindicação ou desvantagem desse método, a gastrectomia vertical (GV) é a opção disponível. Além dessas, nenhuma outra técnica é reconhecida. 

Quem pode fazer a cirurgia metabólica?


Para se tornarem elegíveis para a cirurgia, os pacientes devem também satisfazer aos seguintes critérios, recomendados pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM):

>>Ser diabético do tipo 2, com diagnosticado feito há menos de 10 anos

>>Índice de Massa Corporal (IMC) entre 30 e 35

>>Idade entre 30 e 70 anos

>>Parecer médico que aponte a resistência ao tratamento clínico com >>antidiabéticos orais e/ou injetáveis e mudanças no estilo de vida

>>Comprovação de acompanhamento com médico endocrinologista por no mínimo 2 anos

Cirurgia metabólica: uma técnica ainda pouco utilizada no Brasil 


O cirurgião bariátrico e metabólico Roberto Cabezas, do corpo clínico do Hospital Lifecenter, comenta que o procedimento ainda é muito pouco utilizado no Brasil. 

“Estimo que a cirurgia seja realizada apenas em 1% dos pacientes elegíveis. Ela ainda não está incluída no rol de procedimentos da Agência Nacional de Saúde Suplementar, mas é reconhecida desde 2017 pelo Conselho Federal de Medicina”, explica o especialista. Ele também é presidente do Capítulo Minas Gerais da SBCBM.

Cirurgiões de renome, como o Dr. Roberto Cabezas, escolhem realizar os procedimentos cirúrgicos no Hospital Lifecenter - destaque entre as principais instituições de saúde do país e do mundo. Recomendam o hospital aos seus pacientes devido ao alto padrão em segurança, aos constantes investimentos em tecnologia. Da mesma forma, pelo conforto para a internação proporcionado em acomodações com padrão de hotelaria, com o Lifecenter Exclusive.

Os resultados animadores da cirurgia metabólica


Vale lembrar que a cirurgia metabólica é totalmente segura e possui resultados positivos de curto, médio e longo prazos. Conforme atestam diversos estudos científicos, ela reduz a mortalidade de origem cardiovascular nos pacientes diabéticos. 

Como é o pré-operatório?


>>É interessante que o paciente perca um pouco de peso antes da cirurgia. Isso ajudará o paciente a ter melhores condições para tolerar a anestesia geral e o procedimento em si. 

>>É mandatório também que o paciente assine o termo de Consentimento Informado, que descreve os benefícios e riscos da cirurgia. 

>>Conforme prescrição médica, devem ser realizados exames como endoscopia digestiva, ultrassom abdominal e exames laboratoriais.

>>O paciente deverá se consultar com cirurgião, cardiologista, psiquiatra, psicólogo e nutricionista.

E o pós-operatório?


>>Após a cirurgia metabólica, o paciente deve se submeter a consultas e exames laboratoriais periódicos, de acordo com as orientações do médico.  

>>Algumas complicações podem surgir após o procedimento, embora seja raro. Entre esses efeitos indesejáveis estão infecções, tromboembolismo, deiscências (separações) de suturas, fístulas (desprendimento de grampos), obstrução intestinal, hérnia no local do corte, abscessos (infecções internas) e pneumonia. 

>>Alterações gastrointestinais também podem ocorrer após as refeições. Para esses pacientes, recomenda-se a redução da ingestão de carboidratos. Além disso, devem comer mais vezes ao dia, porém em pequenas quantidades. Evitar beber líquidos durante as refeições também melhora o bem-estar.

O que é a diabetes tipo 2?


Trata-se de uma doença crônica que compromete a metabolização da glicose no organismo. Essa condição ocorre porque o indivíduo desenvolve uma resistência à insulina, o hormônio que controla a entrada de açúcar nas células. Pode ser também que a doença ocorra quando o indivíduo não produz o hormônio em quantidade suficiente para manter normais os níveis de glicose. 

A doença pode resultar em uma série de complicações, tais como retinopatia, falência renal, neuropatia periférica (danos nos nervos) e amputações. O controle do nível de glicose no sangue é central no tratamento.


Saiba mais


>> Ainda com dúvidas? Assista a nossa sobre o tema. Ela contou com a participação do Dr. Roberto Cabezas. Ele é presidente do Capítulo Mineiro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica.

>> E encontre aqui um material ainda mais completo. Acesse nosso e-book sobre os Benefícios das Cirurgias Bariátrica e Metabólica.

Gostou desse artigo? Siga o Hospital Lifecenter nas redes sociais para ficar por dentro das informações mais relevantes sobre saúde e bem-estar: Facebook Instagram
Este post possui 2 comentários.
Responder CIRENIO DE ALMEIDA BARBOSA 22/06/2020 15:41:58

Atualmente, existem diversos tratamentos para a perda de peso, dentre os quais se destaca a variedade de dietas, psicoterapias, medicamentos e programas de atividades físicas. Porém, a maioria dos obesos mórbidos não obtém sucesso com esses recursos. Com isso surgem outros problemas, além daqueles associados ao ganho de peso, como, por exemplo, a frustração e a ansiedade constantes, o estresse e a depressão, que influenciam ainda mais no comportamento alimentar inadequado e no agravamento da morbidade . Cirênio Barbosa

ResponderDra. Livia, assessora virtual do Hospital Lifecenter2020-06-25 13:34:23

Bem observado, Cirênio. É por essa razão que o paciente precisa do acompanhamento multidisciplinar. Diferentes especialidades são necessárias no suporte ao paciente para que ele encontre o melhor caminho para a sua saúde. Agradecemos o comentário e por acompanhar o blog. Todas as semanas tratamos de um assunto novo por aqui.

Deixe um Comentário